Técnicos angoleños reciben formación en España

Un grupo de ocho empleados de la Red de Mediatecas de Angola acaba de regresar de España, en una acción de formación intensiva sobre el Sistema de Gestión de Información de la Red, impartido por el reconocido Fundación CTIC, Centro Tecnológico de Investigación Científica de España
Grupo de técnicos de Angola a la entrada de CTIC

Técnicos Red Mediatecas de Angola en las instalaciones de CTIC

Um grupo de oito funcionários da Rede de Mediatecas de Angola regressou recentemente de Espanha no quadro de uma acção de formação intensiva sobre Sistema de Gestão de Informação em Rede, ministrado pela conceituada Fundação CTIC, Centro Tecnológico de Investigação Cientifica de Espanha.

Durante cerca de duas semanas os formandos adquiriram variadíssimos conhecimentos sobre gestão e registo documental, arquivo digital multimédia e matérias relativas à formação de formadores, numa iniciativa que visa não só melhorar a qualidade da actividade diária nas Mediatecas de Angola como também elevar os conhecimentos dos quadros da ReMA com vista à posterior formação de outros elementos.

No regresso, os formandos desta vez destacados para a acção de formação no exterior do país mostraram-se bastante satisfeitos com os novos conhecimentos apreendidos, num ambiente prático de bastante interactividade, imperando o consenso quanto à mais-valia que esta iniciativa terá nas suas actividades de gestão interoperável da Rede de Mediatecas de Angola, beneficiando do grau de conhecimento e dos formadores da fundação ibérica e da disponibilidade que manifestaram em transmitir tais conhecimentos.

Durante a presença em Espanha, o grupo de formandos visitou a mediateca de Alhóndiga de Bilbao, espaço multicultural onde ocorrem ao longo de todo o ano variadas manifestações culturais espanholas e em particular da província de Bilbao, tendo a comitiva angolana oportunidade para tomar contacto com o funcionamento geral deste espaço e trocar experiências com os bibliotecários seniores da Alhóndiga de Bilbao.

Este programa de formação foi possível graças á parceria existente entre o Executivo angolano e a Fundação CTIC que tem vindo a permitir um cada vez maior e melhor conhecimento quanto às formas de gestão eficiente da Rede de Mediatecas de Angola.

A Rede de Mediatecas de Angola e o crescente número de unidades de Mediatecas que a compõem tem vindo a demonstrar a extraordinária visão do Presidente José Eduardo dos Santos que desde a primeira hora foi um incondicional apoiante e impulsionador do projecto que, para além dos serviço de ordem educativa, científica e cultural que coloca ao dispor da população de angolana, é também um eficiente instrumento de aquisição de novas e melhores valências dos quadros que ao serviço da ReMA têm feito o seu percurso formativo elevando o conhecimento intrinseco do próprio país.

Importa relembrar que, paralelamente à abertura das Mediatecas, tem sido ministrada formação intensiva, quer inicial, quer ao longo do tempo aos quadros que ingressam em cada uma das novas unidades.

 

Publicado por Red de Mediatecas de Angola el 11/06/2013